batom-barbecue-mac-edicao-limitada

Poucas vezes consegui usar um batom até acabar e isso aconteceu nessas raras vezes com a cor Morange, aquele laranja lindo da Mac. Todavia, depois que fiquei super blonde, senti a necessidade de um tom mais encorpado para os lábios e apostei no Russian Red, em especial, em todo esse tempo. Mas sempre tive saudades do meu favorito Morange. Por isso, fui atrás de um vermelho que fosse um pouco mais em tom de laranja, mas sem perder o vermelho. E encontrei o Barbeque da Mac. Que vermelho lindo! Vermelho com uma leve nuance de laranja, mas sem ser muito laranja. Era exatamente o que eu estava procurando. E essa cor é edição limitada! Espero que esse batom dure bastante. Em tempo, semana de início da primavera, que legal!

blusa-tela-saia-botoes-look-rock-and-roll-bomber-jacket-azul-1

blusa-tela-saia-botoes-look-rock-and-roll-bomber-jacket-azul-2

blusa-tela-saia-botoes-look-rock-and-roll-bomber-jacket-azul-3

blusa-tela-saia-botoes-look-rock-and-roll-bomber-jacket-azul-4

Dia de look aqui pra gente, yeah! Reusando a minha bomber jacket in blue que já tenho há um tempão. Outro dia cheguei no trabalho com essa jaqueta e um amigo meu estava com uma idêntica, na mesma cor, sendo que a dele recém-comprada. Legal essa reciclagem de tendências, bom pro bolso! E, além disso, as vezes leva tempo para você acertar a mão e encontrar a sua maneira de usar uma peça. Acho que assim é bem mais divertido, não é mesmo?

Jaqueta Bomber: Asos
Blusa tela: Shop 126
Top: Forever 21
Saia botões: Forever 21
Brincos, colar e relógio: acervo
Botas: Asos

Fotos by Tnol

 

Kin Noise 1 ilustra

Kin Noise 2 ilustra

Kin Noise 3 ilustra

Kin Noise 4 ilustra

Kin Noise 5 ilustra

Kin Noise 6 ilustra

Kin Noise 7 ilustra

Não sei desenhar nem uma árvore de maneira descente, mas sei reconhecer um trabalho legal e Kin Noise é o cara. Ele tem feito muita coisa bacana para bandas, festivais e projetos aqui por Recife e também outras capitais do Nordeste. Com um belíssimo traço e temáticas super underground, além de ilustrar e produzir até camisetas, Kin também é tatuador. Não à toa o nome do studio dele é Kin Noise Trampa Studio. O cara trabalha muito mesmo! E até está produzindo algo legal também para a nossa rocker band Diablo Angel. Ansiosa para ver o resultado final!

Para quem curte ilustrações e tattoos bem feitas, entra em contato com o Kin Noise ;)

Kin Noise Trampa Studio
E-mail: noiseando@live.com
Fone: + 55 081 99525 9901
Facebook: Trampa Studio Recife

 

Fotos e imagens: reprodução

E essa semana comecei a ver uma série nova de TV e estou gostando bastante, a Roadies. Uma série bem musical que mostra todo o trabalho de quem vive nos bastidores do meio da música. O programa tem como foco a equipe de uma banda fictícia americana, a Staton-House Band, e como esses personagens, que são quase uma família, pela convivência intensa, se relacionam entre si.

A cada episódio, já estou no oitavo, Roadies traz uma música do dia, informa o título e o autor da canção. Que pode ser uma música atual ou uma roupagem nova para uma música antiga. Isso é bem legal.

Outro ponto interessante é que apesar da banda em que os roadies trabalham ser fictícia, músicos reais aparecem a cada episódio. Geralmente a banda que fará a abertura do show da Staton-House Band. O que dá um gás ainda mais realístico à série.

E embora tenha muitas caras novas no elenco dos Roadies, tem muita gente conhecida também da TV e do cinema. A série é produzida pela Showtime e tem como diretor Cameron Crowe, que escreveu e dirigiu filmes como Jerry Maguire e Almost Famous. Espero que curtam a postagem. Também está assistindo a Roadies? Um super beijo e obrigada pela sua visita!

Apesar de ter muitos amigos fãs do Iggy Pop e do The Stooges, sempre conheci apenas os sucessos do grupo e do artista, a exemplo de clássicos como I Wanna Be Your Dog ou The Passenger. Todavia, comecei a escutar mais o Iggy Pop, em especial agora com o lançamento do seu décimo sétimo álbum de estúdio, o Post Pop Depression. O álbum é ótimo, letras cruas e sinceras e uma sonoridade bastante interessante. O álbum foi produzido por Josh Homme, do Queens of The Stone Age, que também toca nesse disco do Iggy.

O Iggy Pop é um dos maiores ícones mundiais da cena punk, mas esse álbum, o Post Pop Depression, passeia entre o hard rock e garage rock, com um timbre de guitarra que lembra muito os trabalhos de stoner rock do Queens of The Stone Age.

Vale colocar aí na playlist e escutar. Essa canção aqui, American Valhalla, abre o último Bushwick Garage, programa de rádio que rola uma vez por semana na Rádio Free Brooklyn, lá em NYC, Estados Unidos. O programa inclusive tem participação da nossa Diablo Angel, aqui de Recife. Vale a audição do programa! Espero que goste das dicas musicais, um abraço a todos :)