Vamos falar de música e hoje indico uma das bandas que mais gosto e que mais me influenciam há anos e que tive o prazer de ver ao vivo aqui mesmo em Recife, no nosso querido Coquetel Molotov, um dos festivais mais legais de todo o Brasil. Vou ao festival desde a sua primeira edição e The Kills tocou lá exatamente 11 anos atrás. Acho que na época não estava nem pronta para entender tudo o que estava acontecendo no palco, para mim o guitarrista James Hince é genial e Alison Mosshart nos vocais é simplesmente fantástica. Inclusive, vejo uma evolução enorme da Alisson com o passar dos anos. Nesse show aqui do Coquetel, em 2005, não recordo de nem mesmo ver o rosto dela no palco. Talvez fosse muito tímida na época, em contraponto aos vídeos que vejo dela hoje em dia. Ela mesmo se declara fã de Iggy Pop, um dos maiores performers da história do rock and roll.

Enfim, mas vamos falar da música. O The Kills mistura rock and roll com batidas eletrônicas e música pop. Com riffs simples e ótimas melodias vocais a banda consegue fazer um trabalho primoroso. Muitos falam que a dupla é um pouco esnobe e isso fica até claro em algumas entrevistas, todavia, o que importa para mim ali é a música e isso eles fazem muito bem.

Siberian Nights (vídeo) é a oitava canção do álbum Ash & Ice, lançado em Junho desse ano. O CD tem 12 ótimas canções que venho escutando sem parar desde então. Esse é o quinto trabalho em estúdio da banda. Outros trabalhos que também indico bastante é o clássico No Wow, de 2005, e Blood Pressures, de 2011. Atualmente, a banda retornou a turnê de Ash & Ice depois de uma breve interrupção na ‘gig’ por conta de uma pneumonia da Alison. Seria demais um show da dupla de volta ao Brasil? Sonhar não custa nada não é? Boa audição por aí e let’s rock!

Deixe seu comentário!
















Trackbacks